123

PEDREIRAS NO ESCURO: SE O ESTADO NÃO FAZ, SÃO PEDRO PROVIDENCIA


A queda de uma árvore sobre fios de alta tensão na Unidade Regional de Desenvolvimento de Pedreiras, antigo CRUTAC, mas também conhecido como SUCAM ou FUNASA, provocou bastante incomodo e transtornos, mudando a rotina da população de Pedreiras. 

Por volta da 04h da manhã, os galhos de uma enorme mangueira despencaram sobre a fiação elétrica, assim permanecendo até 8h da manhã. Sobre o ocorrido, não se pode falar que não havia sido previsto e até mesmo discutido. Em reuniões da  CIR (Conselho Intergestor Regional), por mais de uma vez, a poda árvores da Unidade Regional foi discutida e comunicada ao Estado. Na CIR, está lavrada em ATA, a discussão do problema, bem como a garantia da resolução. 

O fato concreto é que a árvore caiu, ninguém se feriu, nem houve maiores prejuízos. A CEMAR, com sua "operância" e inoperante, não vem fazendo um serviço preventivo a contento, basta dar uma olhada no serviço de poda e aumento das quedas de energia em Pedreiras e Trizidela do Vale.

SOBRE A ARBORIZAÇÃO E O SERVIÇO DE PODA

A arborização é um recurso fundamental para a melhoria estética urbanística, diminuição de gases poluentes no ar e a melhoria climática das cidades, porém, o crescimento das plantas pode fazer com que elas entrem em contato com a fiação da rede elétrica e com os postes, o que pode causar problemas no fornecimento de energia elétrica, ocasionando curto circuitos, oscilações e até mesmo a falta de energia.

A CEMAR realiza diversas ações de manutenção na rede de distribuição de energia elétrica o ano inteiro, inclusive com a poda de galhos de árvores que estejam tocando na rede elétrica e orientam aos clientes que, ao perceber esta situação, deve ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 116. Essa medida de prevenção evita tanto a falta de energia, quanto os transtornos que podem ser gerados à sociedade.

Para os casos em que oscilações de energia e faiscamento estão sendo causados pelo toque dos galhos na rede elétrica, o serviço é gratuito e a Companhia providencia a poda. Nos casos onde os galhos das árvores estão próximos à rede elétrica mas não oferecem riscos à segurança, é importante procurar a prefeitura da cidade e solicitar o serviço.

Segurança - Normalmente as árvores de grande porte crescem até tocar a rede de distribuição e facilmente recebem condução de energia pelos cabos dos postes, por isso, uma simples aproximação da planta pode causar acidentes. Torna-se ainda maior a possibilidade de acidentes gravíssimos aos que tentam podar a árvore, pois além de estarem ainda mais próximos da rede energizada, com o manuseio de objetos metálicos para a poda, que são condutores de energia, potencializam o choque elétrico.

Após a chuva, essa situação fica bem mais agravante. As árvores ficam muito mais energizadas pela rede por meio da água, possibilitando ocasionar choques nas pessoas que estão por perto sem nenhum contato físico com a planta. O técnico de Segurança da CEMAR, Marcos Tulio, informa que "é muito importante orientar as crianças a não tentarem pegar pipas que ficam presas em árvores em nenhuma hipótese, especialmente quando elas são de grande porte e os galhos estão em contato direto com a rede. É perigosíssimo e o acidente pode ser fatal".

Por isso, não se arrisque. A CEMAR possui uma equipe capacitada para a poda de árvores, com equipamentos e treinamentos específicos para este procedimento, então, em qualquer situação de árvore em contato com a fiação da rede elétrica ou postes, ligue na Central de Atendimento 116 e solicite uma vistoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário